Notes are the best way to speak...



sexta-feira, 23 de outubro de 2009


O dia em que nao tentar mais, sera o dia em que morrer *-*

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Era uma vez


... uma princesa que sempre teve tudo o que quiz. Nasceu em um Reino de primeiro mundo, rodeada senpre de coisas boas, presentes e sorrizos. Quando criança, tinha os melhores e mais bonitos brinquedos, as melhores festinhas e uma familia incrível que estava Sempre ali por ela.
Essa criança foi crescendo e teve de se mudar com sua família para um outro reino por motivos nostálgicos. Passou, com a idade, a não ter mais todas as atenções que sempre teve viradas pra ela. Mas a princesa percebeu que era hora de mudar, de que as coisas não eram mais como em seus primeiros anos de contos de fada.
Enfim a princesa fez 15 anos, quando ganhou uma viajem incrível pra Disney, conheceu uma amiga real pra toda a vida e ganhou roupas e sapatos... Mas ainda assim era apenas o começo de um pequeno pesadelo. Em casa a família começou a passar por sérias dificuldades financeiras que, junto com o nervosismo com a filha por ela não ser uma aluna muito dedicada acabou estragando um grande relacionamento entre mãe e filha (que aliás, sempre fora o melhor de todos que já existira em qualquer outro reino). Só haviam discussões e mais discussões todos os dias, e aquela grande princesa parecia não ter mais forças para suportar. Se sentia sufocada e cada vez mais sozinha. Começava a ver todos seus sonhos desmoronando.. não se via mais num palco sendo uma grande cantora real...
Foi então que ela encontrou o príncipe que estava esperando. Começaram a namorar e aquilo parecia ser a única coisa que ainda estava funcionando.
Como ninguém podia por potencial naquela garota? Como aquela mãe tinha a coragem de dizer que ela só andava em seu mundo de conto de fadas, sendo que tudo aquilo não passava da realidade?
Foi aí que a princesa escobriu que tinha uma grave doença com poucas chances de cura em todo o reino. Então, pensando em todos os fatos de sua vida, ela tomou a decisão de que não iria contar aquilo a ninguém. De que adiantaria? Pena não era bem um sentimento que a princesa iria querer que sentissem por ela!
Ela só iria aproveitar o resto com o que lhe ainda restava;
O Príncipe e suas Eternas amigas reais : )

Fim.