Notes are the best way to speak...



segunda-feira, 28 de novembro de 2011


Tem coisas que acontecem em nossa vida que realmente nos faz questionar do porque. Porque podem se passar meses, anos, e não ser descoberto o motivo pelo qual as coisas não deram certo, e insistem em não dar. É simplesmente confuso demais, e perturbador o suficiente para nos fazer perder o controle. A mente é realmente algo um tanto inexplicável e conturbado, que se afeta por pouco.
Eu fico me questionando se há algum motivo por passarmos por coisas ruins tão inexplicáveis. Porque deve realmente haver algo muito bom nos esperando. Ninguém vem para sofrer o tempo todo, e como diz um velho ditado, "se não está tudo bem, é porque não está no fim". Mas quer saber? A impaciência é um dádiva um tanto negativa.
É como algo que você constrói e reconstrói, mas que no fim desmorona por pouquíssimo. E chega uma hora que você simplesmente cansa. Cansa de lutar por quem não merece. Cansa de perdoar quem insiste no erro. Cansa de amar a quem é impossível não amar. Cansa de olhar para os outros e passa a se valorizar. Tá aí um ponto bom, e é esse que trará o que é bom de verdade! Pessoas vão machucá-lo o tempo todo, mas você não pode fazer isso consigo! É uma verdadeira burrice, e falta de amor. Tenha amor, claro. Mas tenha primeiro por ti. Faça as coisas por ti, e assim será mais forte para lidar com os outros.

Repetitivo demais. Mas incrivelmente verdadeiro.
E que existe algo muito bom para cada um, isso é certeiro. Não há dúvidas, já que Ele é perfeito! Não tem problema se não acredita, mas então tenha fé em algo, em qualquer coisa. Ela te fortalece e te ajuda a caminhar com maior facilidade!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011


Ontem me deparei com minha própria intrigante observação, durante um tempo, que poderia ser de 30 segundos, mas que me pareceu uma eternidade. Eu me encontrava debaixo de uma pequena área coberta, longe de toda aquela água que era derramada do céu, observando uma poça que refletia toda e qualquer luz que com ela se encontrava.
Porém, aquela pequena poça d'água me trouxe lembranças as quais eu jamais poderei descrever. E junto com elas, uma sombra de angústia, que me fez perceber o quanto o tempo tem passado sem se importar em momento algum com o que vamos pensar sobre isso. Passa por nós com tanto egoísmo, que retira aqueles pequenos detalhes que deveriam realmente fazer a diferença, mas que simplesmente desaparecem com o passar, do tempo. As alegrias que vivemos, não voltam mais; os sorrisos que um dia presenciamos, não serão mais representados da mesma forma.
Boas lembranças? Claro! Sempre serão bem vindas. Mas nada se compara à nostalgia do dia que não mais se repetirá.
Me lembrei dos sorrisos inocentes da infância, e dos medos que não me atingem mais, percebendo que a alimentação psicológica que damos a nós mesmos, nos transforma em algo surpreendente, e brilhante. O que falta é reconhecer, valorizar, amar.
Se arrepender dói tanto, então não ha necessidade de faze-lo acontecer. Sorrisos não medem esforços, nem tão pouco abraços sinceros e gestos honestos; dizer o que sente, antes que seja tarde demais, não traz más consequências, se você não abrir espaço para elas. Só queira abrir espaço para o que te faz bem! Buscar por isso me soa tão prazeroso...
Eu estava por me comprometer com a tentativa,

mas uma buzina me fez acordar do pequeno encanto, e assim como tudo na vida, tive de voltar a lutar pelos meus próprios 30 segundos: os intermináveis.

domingo, 26 de junho de 2011


Vamos nos permitir mais, abrir mais nossas cabeças e corações. Vamos experimentar não só ouvir o proprio ego e escutar mais o resto do mundo que também tem muito o que aprender. Há sempre um jeito de sair do 'beco sem saída'. Toda hora é hora de agir, mudar, e aprender alguma coisa. Ninguém é perfeito, mas concerteza o caminho da vida é esse. Vamos querer sempre mais, buscar sempre mais, viver sempre mais e mais. Não se sinta fraco demais pra correr atrás, e muito menos bom demais pra precisar correr. Pode ser de um jeito facil ou de um jeito doloroso, mas de qualquer forma todos nós nos tornaremos seres melhores algum dia. Talvez na vida, ou talvez depois dela. Humildade pra aceitar o proprio erro e pedir perdão, e perdoar os outros que assim como você, também erram.
Nunca é tarde demais pra reverter situações, e nada é grave o bastante que não possa ser perdoado. Mas lembre-se: Independente de ser perdoado ou não, procure não agir da mesma forma, e crescer cada vez mais como ser humano. Ninguém tem a formula da vida 'perfeita', ou a forma 'correta' de se viver. Mas concerteza coisas como essas que eu escrevi aqui e muitas outras que eu ainda nao compreendi ou não me lembrei, servem bastante. Ame a vida. Ame o ser humano. Ame, acima de tudo, as pessoas que te fazem bem e que sempre estão do seu lado. Acredite. Pare de reclamar só por reclamar. Ame a arte de ser diferente e aceitar que os outros também são. Agradeça a Deus por acordar e viver a sua vida 'chata'. Mostre que você é capaz, quando nem você acredita que é. Sinta o que tiver que sentir. Pague os 'micos' que forem, desde que seja feliz. Seja feliz. Corra pelado. Sorria. Ande de bicicleta. Abrace todos que ama. E FODA-SE a opinião de quem nem sabe o que realmente é ser feliz e o que te faz feliz.
É dessa forma crua, simples e brega, que eu convido todos vocês a viver de verdade.

: de meu caro amigo, Leon F.